No dia 23 de junho de 1998, há exatos 20 anos, a dupla de música sertaneja Leandro e Leonardo chegava a um fim prematuro e inesperado. Foi nessa data que o primeiro dos dois irmãos cantores morreu devido a um câncer raro.

Leonardo, 54, passou 15 anos se apresentando ao lado de Leandro: a dupla, que começou cantando em bares de Goiás, foi responsável por grandes sucessos do gênero, como “Entre Tapas e Beijos”, “Pense em Mim” e “Desculpe, Mas Eu Vou Chorar”.

No aniversário de 20 anos da morte do irmão, Leonardo diz que jamais irá superar totalmente sua perda, aos 36 anos.

Lidamos todos os dias com uma saudade danada. Conviveremos com essa dor para sempre“, disse. Para ele, Leandro deve ser lembrado como um homem bom e generoso.

Mesmo com as várias missas e celebrações feitas anualmente ao irmão, o sertanejo conta que tem uma maneira particular de homenageá-lo. “Mesmo quando estou em trânsito eu rezo no silêncio do meu quarto e ofereço meus shows para ele.

Em Gravatá, Leonardo homenageou o irmão com canções de sua carreira, e o público acompanhou cada segundo de show, com cartazes, discos, Cd’s e fotos da dupla.